quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Mona Hatoun








Mona Hatoun (1952-) Nasceu em Beirute no Líbano. Apesar de nascer no Líbano sua família é palestina. Estudou na Beiruth University College, Líbano. Em 1975, durante uma visita a Londres, irrompeu a guerra civil no Líbano, o que a obrigou a radicar-se naquela cidade. Estudou na Bryan Shaw School of Art e Slade School of Fine Art. Seus temas prediletos são: violência, opressão, situação dos refugiados, vulnerabilidade do corpo abordados por vídeos, objetos, instalações, esculturas e fotografias. Foi indicada para o Turner Prize e foi vencedora do Rolf Schock Prize. Participou das Bienais de Veneza (1995 e 2005), Liverpool, Moscou, Istambul e de Sidney. Em 2016, retrospectiva na Tate Gallery. Em 2017 recebeu o The 10th Hiroshima Art Prize. Londres. A artista é representada pela White Cube Gallery.





Crutches, 1991,


Incommunicado, 1993. Tate Gallery, Londres.



Wheelchair, 1998. Tate Gallery, Londres.


Slicer, 1999.


Home, 1993. Tate Gallery, 1999.



Mexican Cage, 2002


Sem título Grey Hair Grid with Knots III, 2002. MoMA, Nova York.


Hot Spot, 2006.


Case, 2006.

Misbah, 2006-2007

Nature Morte aux Grenades, 2006-2008.


Web, 2008.


Afghan, 2008. Bienal de Liverpool.


Witiness, 2009.



Worry Beads, 2009.

Sem título, 2009 Art Basel Miami.


Hot Spot III, 2009. Bienal de Veneza.

 Grater Divide, 2002.

Impenetrable, 2009. Guggenheim Museum, Nova York.


Rack, 2011. Foto: Joerg Lohse.


Bankers, 2011.

Conversation Piece II, 2011. Fundación Proa.



Stick, 2011.



Suspense, 2011.

Still-Life, 2012.

Instalação, 2013.  Kunst Museum, St Gallen, Suíça.


Hair Necklace, 2013.


Cappello per Due, 2013. Fundación Proa.

Turbulence Black, 2014.


Electriffied Variable II, 2014.

Cells, 2014.

 Drowning Sorrows (Cachaça), 2014, Fundación Proa


Instalação, 2015. Center Pompidou, Paris.


Wall Cabinet I, 2017. 







Mona Hatoum: Unhomely _ Wolzwart Publications, 2009.

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now